Australiano implanta o chip do cartão de transporte dentro do próprio braço

0
21Mar


O australiano Meow-Ludo Disco Gamma Meow-Meow — sim, por incrível que pareça, esse é realmente o nome do figura — foi acionado no Tribunal de Newton, em Sydney, pelo sistema de transporte local devido a um biohack: ele implantou o chip do cartão Opal — que permite o embarque em diferentes tipos de veículo e é pago por distância percorrida — e foi acusado de não ter uma passagem válida para suas viagens.

Meow-Meow achou que as autoridades “fossem mais abertas às inovações tecnológicas”. Mas não foi bem assim. “A Transport for NSW não apoia a adulteração adulteração ou danificação dos cartões Opal, o que seria uma violação dos termos de uso e os clientes que forem pegos fazendo isso terão seus cartões cancelados. Alterar os atributos físicos pode afetar a confiabilidade do cartão Opal", disse o Transport for NSW.

O juiz Michael Quinn disse a Meow-Meow que ele deve respeitar as regras atuais, mesmo que elas venham a mudar em pouco tempo. No final, Meow-Meow se declarou culpado, o que resultou em uma multa de US$ 220, mais os custos legais de US$ 1 mil.

Antes que outras pessoas saiam por aí fazendo isso, Meow-Meow disse que a operação foi feita por um especialista em piercings, capaz de lidar com riscos de infecção. Ele alertou que interessados só devem fazer isso após pesquisar e procurar por experts no assunto.

Fonte: //www.tecmundo.com.br/ciencia/128278-australiano-implanta-chip-cartao-transporte-dentro-do-proprio-braco.htm

Comentários (0)

Deixe seu comentário