Contínuo computacional: Transporte conteúdos de um aparelho para outro

0
24Apr


Várias marcas desenvolveram suas próprias plataformas, mas o funcionamento é praticamente o mesmo. O conteúdo é transportado de um aparelho para outro em questão de segundos. Tudo, claro, sem a necessidade de fios ou cabos.

Há pouco mais de um ano, buscando exatamente essa possibilidade de compartilhamento fácil de conteúdo, Marcos comprou esse aparelho – conhecido como set top box. Conectado a qualquer TV com entrada HDMI, uma das principais funções do minúsculo aparelho é permitir que a tela do smartphone, tablet ou notebook seja espelhada no televisor em alta definição.

"Tudo o que você tem no seu celular ou computador, por exemplo, você joga pra Apple TV. Eu assisto filmes e outras coisas que tenho nestes aparelhos na televisão da minha sala", comenta Marcos Hiller, professor.

Agora quando ele volta de uma viagem e quer mostrar as fotos para familiares e amigos, nada mais daquele amontoado de gente em cima do computador ou, pior, tentando enxergar a pequena tela do celular.

Seguindo caminho similar, outra fabricante desenvolveu uma plataforma que faz basicamente a mesma coisa: interliga seus diferentes dispositivos pela rede Wi-Fi.

"Com a tecnologia Sony Link a gente consegue mandar conteúdo de um tablet para TV ou de um celular pra TV. Ou seja, qualquer conteúdo que quisermos", diz Carlos Paschoal, ger. marketing da Sony.

No mundo dos PCs, outra tecnologia permite a transmissão sem fio de áudio e vídeo em alta definição de laptops para televisores. O Wi-Di – abreviação para “Wireless Display” ou, em português “Tela sem Fios” – é um recurso padrão dos computadores mais recentes, equipados com a última geração da família Core de processadores. A tecnologia já vem embarcada nos Ultrabooks, e por meio dela dá para assistir a filmes e vídeos direto na tela da sua TV. A solução também é ótima para compartilhar documentos, fotos ou páginas da web com outras pessoas.

Como deu para notar, existem várias maneiras de distribuir o seu conteúdo entre os aparelhos. Todas funcionam de modo similar: você tem um tipo de receptor ligado à televisão. Esse receptor se conecta ao seu micro, ao seu tablet ou ao seu smartphone e coloca na tela da TV os conteúdos que você tem armazenados neles. Tudo sem fios, usando a rede Wi-Fi da sua casa.

No caso de set top boxes como esse, a vantagem é que, além de exibir na tela da TV tudo que está na tela do computador, você também tem acesso a conteúdo online. Dá, por exemplo, para alugar filmes e séries de TV ou até assistir ao Olhar Digital na hora que quiser. Tudo em alta definição.

Você pode se perguntar: mas não dá para fazer tudo isso conectando o micro à TV, usando um cabo HDMI? É claro que sim. Mas, imagine que você queira ouvir uma música que está guardada no seu smartphone. Você vai ter que ligar o celular no aparelho de som. E você não vai ter a flexibilidade de poder acessar qualquer conteúdo a hora que quiser – do jeito que bem entender.

Comentários (0)

Deixe seu comentário